compartilhar esta notícia no facebook

publicada em 23/09/2021

Comercial busca a reabilitação no Estadual Sub-20 contra o maior rival

Nesta sexta-feira (24) o Comercial enfrenta o Operário, às 15h, no estádio Morenão, no clássico que encerra o primeiro turno do Campeonato Sul-Mato-Grossense Sub-20. No duelo que valia a liderança do grupo, os comercialinos acabaram sofrendo uma goleada por 4 a 1 para o ABC e agora busca retornar ao caminho das vitórias contra o arquirrival para seguir na cola dos líderes.

Os dois gigantes do estado fazem campanhas semelhantes na competição até o momento. Os dois clubes venceram o Taveirópolis e perderam para o União ABC e somam 3 pontos, com o Operário levando vantagem no saldo de gols (3 contra –1). O técnico do Comercial Mateus Sabatine falou sobre o começo de campeonato e admite que o elenco ainda precisa melhorar.

+ Clique aqui para ler mais notícias sobre o Comercial

“É uma equipe que ainda tem muito a mostrar no campeonato, falei que precisava de uns três jogos para começar né? Vencemos, mas não me convenceu, não fomos bem, porém a vitória ela mascara algumas coisas. Está muito longe do nível dos atletas que a gente tem, no jogo contra o ABC a gente tinha uma proposta de jogo, ela se iniciou bem, aí no segundo tempo teve um desequilíbrio emocional, tomou o gol de empate nos acréscimos do primeiro tempo e não conseguimos desenvolver um bom futebol. É uma lição a derrota, ela nos dá essa possibilidade de ver realmente, mostra o que devemos melhorar”, lembra sabatine.

No último confronto antes do Estadual, o Comercial venceu o Operário por 2 a 1, no comerário de celebração dos 83 anos do rival e ficou com a taça Jorge Guarani Neneca. A base da equipe que conquistou o troféu deve ser a mesma com pequenas alterações, quem vencer chega a 6 pontos e praticamente encaminha a classificação, enquanto o derrotado pode se complicar na tabela.

“Mudamos o modelo de jogo, as mudanças que estão sendo são realmente em cima disso. Tentar neutralizar algumas ações táticas da equipe adversária, mas o esqueleto do time é o mesmo. O Carlos é um atleta que atuou nos dois jogos como titular devido aquele jogo que nós fizemos contra o Operário. Onde ele entrou, fez o gol e começou a ter uma crescente”, comenta Mateus.

O Lobo Guará enfrentou todos os adversários do grupo antes do torneio e estava motivado depois da conquista sobre o rival, mas agora a situação é diferente. Enquanto o Alvinegro busca se firmar depois da goleada por 4 a 0 sobre o Taveirópolis, o Colorado quer voltar com as boas atuações e conta com a experiência do treinador que conhece bem o oponente. Ele falou sobre a importância do confronto e sobre a expectativa para a disputa de mais um comerário na carreira.

“A expectativa é muito grande, Comerário é um jogo diferente, é uma partida a parte do campeonato, mais nervoso, mais pegado, jogo grande, são dois times com grandes rivalidades e os garotos tem isso em mente, passei para os atletas, a importância de vencer um grande rival. Tanto no profissional, quanto na base, ainda não perdi para operário e espero que se mantenha, lógico. É um jogo de detalhes, de muita força, é um divisor de águas, quem ganhar vai conseguir dar uma respirada melhor na tabela. Jogo que todo atleta quer jogar, apresentar um melhor futebol e prevalece a vontade, a garra de cada um para vencer o confronto”, finaliza Sabatine.

Sem Retranca


 

Deixe seu comentário aqui

 

  voltar

Próximo jogo

x
30/10/2021 às 15:00hs - Campeonato Sul-mato-grossense 2021 FEMININO
Três Lagoas

Jogo anterior

1 x 4
17/09/2021 às 15:00hs - Campeonato Estadual Sub-19
Morenão

Parceiros & Patrocinadores